Nossos Servicos

Conheça um pouco sobre os serviços que executamos.

Mão de Obra Capacitada

Recondicionadora

  • Peças Elétricas Automotivas

As peças recuperadas podem custar até 60% menos do que as novas. Isso sem contar o fator tempo, já que muitas peças novas são conseguidas somente sob encomenda, e podem levar vários dias para chegar. Não há perdas em relação à qualidade. Nossas peças recuperadas passam por criterioso controle de qualidade e são sempre retestadas antes de serem entregues ao cliente. Além disso, você têm o mesmo tempo de garantia das peças novas.

Pecas de Substituicao Originais

Conservamos as características e funcionamento original, peças de substituição, engrenagens e rolamentos novos. Maior desempenho e durabilidade.

As peças com desgaste ou defeito são substituídas por novas, e após montados, os alternadores são testados sob rigoroso controle de qualidade.

Conceitos Sobre Algumas Pecas

O Alternador Mantém a Bateria Carregada

O alternador é a usina de energia do seu carro. Ele tem a função de sustentar o sistema elétrico carregando de energia a bateria de acordo com o uso elétrico. É um acessório de suma importância para seu carro. Novas tecnologias foram introduzidas nos alternadores de modelos mais novos visando melhorar o desempenho e a durabilidade de peças elétricas, eletrônicas e do próprio alternador. A bateria está diretamente envolvida nesse processo.

A garantia de produção da corrente máxima gerada por cada alternador está diretamente ligada com o funcionamento de cada um de seus componentes. Portanto, o rotor, estator, conjunto retificador e regulador de tensão (voltagem) devem estar em condições ideais de funcionamento e compatíveis com o alternador aplicado. A medida que usamos os acessórios elétricos do carro com o motor ligado, o alternador repõe essa carga aumentando a voltagem e a amperagem ao mesmo tempo, através de um regulador eletrônico. Para esse tipo de alternador não há descanso, principalmente na voltagem que, mesmo na marcha lenta do motor, fica em torno de 14 volts. É uma peça muito bem planejada que ainda vai ficar muito tempo no mercado por sua simplicidade de funcionamento e durabilidade, além do preço estável. O que tem acontecido é o aprimoramento interno através de novas tecnologias eletrônicas.

Os alternadores modernos, bem mais recentes, possuem uma tecnologia de ponta. O ponto fraco de um alternador é a caloria, sua temperatura de trabalho. Como dito acima, eles não tem descanso. A nova tecnologia veio para amenizar essa situação. O sistema COM do alternador que equipa o Honda Civic novo mantém o alternador em uma espécie de Stand by. Isso significa que o alternador fica em espera, mantendo uma carga mínima calculada para o funcionamento do sistema eletrônico. Não fosse isso, o motor ficaria sem energia em pouco tempo. Muitos profissionais acabam sendo “enganados” por esse sistema. Ao medir um alternador na bateria o resultado costumeiro é de 14, 8 Volts para um bom funcionamento. Já no sistema COM o resultado vai ser sempre acima de 12 Volts, mas não sobe mais. Como assim? Este é o tal momento Stand by.

A Eletro Técnica RBL avança de acordo com as novas tecnologias e sistemas inteligentes de carga onde o alternador é comandados por sinais computadorizados enviados pelo módulo do veículo.

Temos todos os equipamentos necessários para testar os novos sistemas de carga disponíveis no Mercado.
"A Luz da Bateria no painel do Veículo indica se há falhas no Alternador"
O Motor de Arranque Aciona o Motor do Veículo

Para que o motor do seu carro comece a funcionar, é necessária muita força para vencer a compressão dos cilindros. O motor de partida dos carros serve, basicamente, para impulsionar o motor quando esta ainda está parado. Como esta peça funciona apenas por alguns segundos durante a partida e, depois, não é mais utilizado, pode-se dizer que é um componente de baixíssima manutenção e alta durabilidade, principalmente em carros novos. Porém, também podem apresentar defeitos que, em geral, estão ligados à má utilização. Entre as situações mais comuns que geram danos ao motor de arranque, estão as seguintes:

1- Insistência em manter o motor de partida funcionando quando o motor não pega.

2- Acionamento do motor de arranque quando o motor já está funcionando.

Quando é necessário que o motor de partida mantenha-se acionado por mais de 10 segundos, significa que há algum problema dificultando a ignição do motor principal do carro. Insistir com o motor de partida, pode causar superaquecimento e a consequente queima dos componentes internos, principalmente o induzido. Geralmente, estes problemas podem estar ligados ao combustível (ou a falta dele), bobinas de ignição ou velas de ignição.

Estamos de acordo com os novos sistemas implantados nos motores de arranque modernos e suas Tecnologias.

"Quando há falha no Arranque, evite dar 'trancos' no veículo, isso pode danificar o motor"